RESULTADOS DE EXAMES
PROCURAR
FALE CONOSCO
47 3456-2085
 

GAMA GLUTAMIL TRANSFERASE


Sinonimo   GGT, gama GT, Gama glumatil transpeptidase
Material   soro
Volume   1,0 mL
Método   Colorimétrico Enzimático
Volume Lab.   1,0 mL
Rotina   Diária
Código SUS   0202010465
CBHPM   4.03.01.99-0
Resultado   24 horas
Temperatura   Refrigerado
Coleta   - Jejum não necessário. - Suspender medicamentos a base de fenitoína, fenobarbital e acetaminofen; - Coletar amostra em tubo gel; - Aguardar 30 min para retração do coagulo; - Realizar a centrifugação em 3.200 RPM por 12 min; - Encaminhar amostra sob refrigeração, de 2ºC a 8ºC. **** Importante **** Volume mínimo de 540 uL
Interpretação   É uma enzima originada principalmente do sistema hepatobiliar, com a função de transferir o ácido glutâmico através das membranas celulares. Eleva-se em especial nas colestases intra ou extra-hepáticas, nas neoplasias hepáticas primárias ou nas alterações do parênquima hepático por metástases. Indicações: Confirmação de origem hepática quando fosfatase alcalina (FA) elevada; colestase; pós transplante hepático; neoplasias; alcoolismo, sobretudo crônico Interpretação clínica: São causas de aumento de gama GT: colestase intra hepática, doença crônica alcoólica (relação GGT/FA > 2,5 a 5,0), obstrução biliar extra hepática, atresia biliar, cirrose, cirrose biliar primária, hepatites, hepatoma, carcinoma metastático de fígado, lúpus eritematoso sistêmico hipertireoidismo, uso de drogas como anticonvulsivantes (Ex:fenitoína,fenobarbital e ácido valpróico), barbitúricos, anticoagulantes, alguns antimicrobianos, benzodiazepínicos, antidepressivos tricíclicos e acetaminofen, rejeição aguda ao transplante hepático (mais sensível e prococe do que a FA) e pancreatite aguda, entre outras doenças . Pode estar aumentada na ingestão aguda de álcool. Nas doenças hepáticas obstrutivas os níveis de GGT estão de 5 a 50 vezes acima do normal. Já nas hepatites infecciosas o aumento é mais discreto. É útil no acompanhamento destas últimas, pois é a última enzima hepática a normalizar. Nas hepatites crônicas o aumento é mais pronunciado do que nas agudas. São causas de diminuição: hipotireoidismo. A diminuição dos níveis de GGT em pacientes com carcinoma denota resposta ao tratamento. Sugestão de leitura complementar: Ferri FF. In: Ferri's Clinical Advisor, 1st Ed, Elsevier, Philadelphia, 2012 Lee TH, Kim WR, Poterucha JJ. Evaluation of elevated liver enzymes. Clin Liver Dis 2012; 16(2): 183-98
Referência   Homens : até 60,0 U/L Mulheres : até 43,0 U/L

UNIDADE CENTRAL

Rua Paraná, 308 - Centro
Barra Velha - SC - CEP 88390-000
Fone/fax 47 3456-2085
Celular: 47 99726-3122
CRF 7049
E-mail: labbarralab@hotmail.com
suportebarralab@hotmail.com
ana@barralab.com.br

UNIDADE 2 - MED CLÍNICA

Avenida Emanoel Pinto, 925 - Centro
Picarras - SC - CEP 88380-000
Fone 47 3345-3712 - 3345-1553
Celular: 47 98432-4773
E-mail: laboratoriomedclinica@hotmail.com
barralab@medclinicapicarras.com.br

Acesse o site da MED Clínica

MED Clínica - Balneário Piçarras

UNIDADE 3 - BAIRRO SÃO CRISTOVÃO

Rua Waldemar Francisco, 487
Barra Velha - SC - CEP 88390-000
Fone 47 3456-2445
47 98432 4906
E-mail: labsaocristovao@outlook.com

URGÊNCIAS47 9 9726-3122

ACOMPANHE O BARRALAB NO FACEBOOK     

Responsável Técnico: Paulo Cesar Casagrande
Laboratório de Análises Clínicas Casagrande Ltda